top of page

Livros

Livro - A Menina da Coluna Torta, por Julia Barroso
Livro - A Mulher da Coluna Torta, por Julia Barroso
  • Foto do escritorJulia Barroso

Fisioterapia para escoliose por Maria Cláudia Monteiro

Atualizado: 28 de ago. de 2023

Pessoal, hoje eu trouxe uma convidada muito especial para contar pra gente mais sobre fisioterapia para escoliose. A Dra. Maria Cláudia Monteiro é fisioterapeuta e uma das fundadoras da Associação Brasileira de Tratamento da Escoliose. Ela atende os pacientes na região de Bauru (interior de São Paulo) e também por meio de Telereabilitação.


1- Dra. Maria Claudia, seja bem-vinda e muito obrigada por estar aqui conosco. Como fisioterapeuta focada no tratamento da escoliose, como você avalia o impacto psicológico dos pacientes que fazem fisioterapia? Saber que estão tratando a escoliose os ajuda emocionalmente?

Acho que no inicio, o impacto é maior dos pais. Afinal, eles que têm a noção dos problemas que seus filhos enfrentarão no futuro se o tratamento conservador não tiver sucesso. Os adolescentes mais maduros e filhos de pais mais conscientes encaram a Fisioterapia Especifica para Escoliose com mais responsabilidade e disciplina. E tanto os pais quanto os pacientes se sentem mais seguros de saber que estão nas mãos de especialistas no assunto.

2- E como a fisioterapia ajuda no tratamento da escoliose? Nos conte um pouco sobre isso, por favor.


Hoje em dia precisamos nos atentar mais para os tratamentos baseados em evidencia. Nesses últimos 30 anos, todos pacientes diagnosticados com disfunções da coluna vertebral eram encaminhados para RPG. Há 20 anos, com a chegada do Pilates, tivemos outra opção. Ambas as técnicas tem seu mérito, mas muito pouco (ou quase nada) foi publicado a respeito da eficácia delas no tratamento conservador das escolioses. Então, os exercícios fisioterapêuticos específicos para escolioses, (Métodos Schroth, Seas e Bspts) são um divisor de águas já que tratam as escolioses de modo tridimensional.

3- Em sua experiência, você já viu casos de redução de curva por conta da fisioterapia?

Se você estiver falando da fisioterapia tradicional, como RPG, Pilates e cinesioterapia, há melhora nos casos leves sem uso de colete. Mas, casos moderados e graves, somente com um bom colete e Fisioterapia Específica.

4- A escoliose idiopática do adolescente é a mais comum e sabemos que é uma faixa etária desafiadora. O que fazer quando a criança ou o adolescente não colabora com os exercícios?


Tem que ter muita empatia entre os envolvidos. A convivência é longa e paciência e perseverança são essenciais para uma boa adesão ao tratamento. Além disso, é importante ter muita criatividade do fisioterapeuta para não deixar as sessões monótonas. Muitas vezes é necessária a ajuda do psicólogo.


5- A partir de qual idade é possível iniciar o tratamento da escoliose com fisioterapia?


A partir do diagnóstico. Recém-nascidos também têm escoliose, então, quanto antes tratados, mais chances de bons resultados.


6- Como a família pode ajudar na fase do tratamento com fisioterapia?


Participando das sessões, acompanhando os exercícios domiciliares e estimulando os filhos a usarem o colete e não desistirem. Às vezes, mães também precisam ser encaminhadas para psicoterapia. Os pais tem que ser firmes e não é nada fácil!


7- No caso da escoliose no adulto, há algo a se fazer por meio da fisioterapia?


Sim. Mas os objetivos são outros: alívio da dor, melhora da função e qualidade de vida, principalmente.


8- Você faz parte do grupo de fisioterapeutas da ABTE (Associação Brasileira de Tratamento da Escoliose), nos conte, por favor, qual a principal missão de vocês e qual a melhor forma de ter acesso ao tratamento com o grupo de fisioterapeutas da ABTE.

Sou uma das fundadora e apaixonada pela causa. Acessando o @tratando.escoliose tem muita informação séria e de qualidade. Queremos conscientizar as pessoas sobre o diagnóstico precoce e os melhores métodos para o tratamento conservador. Acima de tudo, queremos apoiar os pacientes e familiares nessa longa jornada!

9- Gostaria de deixar alguma mensagem especial para os leitores aqui do blog?

A escoliose é uma alteração da coluna vertebral que se manifesta nos estirões de crescimento e vem de forma silenciosa, ou seja, não acompanhada de dor ou sintomas. Afeta entre 3-4% da população mundial e pode afetar você ou seu filho. Então, fique atento e observe sua postura, buscando assimetrias. Encontrando algo diferente, procure um especialista.

fisioterapia para escoliose

Espero que tenham gostado e que esse post tenha ajudado a tirar algumas dúvidas de vocês!

47 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Kommentare


Gast
17. Aug. 2023

Excelente, concordo plenamente com esse cuidado de conscientizar e apoiar os pais, isdo vai refletir nos filhos

Gefällt mir
Julia Barroso
Julia Barroso
17. Aug. 2023
Antwort an

Com certeza!!!

Gefällt mir
Seção Saúde
Seção Superação
Seção lazer
Seção artigos
Seção crônicas

Arquivo

Destaques

Tags

bottom of page