top of page

Livros

Livro - A Menina da Coluna Torta, por Julia Barroso
Livro - A Mulher da Coluna Torta, por Julia Barroso
  • Foto do escritorJulia Barroso

O que é a escoliose? Entenda de forma fácil!

Atualizado: 8 de jan.

Falo tanto aqui sobre a escoliose e essa tal de coluna torta, todos os dias, mas me dei conta que nunca fiz um post explicando o que de fato é a condição e como ela surge nas nossas vidas, né? Post mais do que importante, esse. Então vamos lá:


- O que é a escoliose?

A escoliose é uma curvatura anormal da coluna vertebral para um dos lados do tronco, ou para os dois (no caso de duas curvas), com rotação das vértebras. Para quem vê de costas e nos exames, ela pode ter a aparência de um "C", quando é somente uma curva, ou de "S", quando temos duas curvaturas. Estamos falando, literalmente, de uma coluna torta.


- Como surge a escoliose? Ela é genética?

Possivelmente é genética e hereditária, sim. Muitos estudos já relacionam a escoliose com genes, mas ainda temos muitas perguntas sem resposta. A escoliose pode surgir de várias formas:


  • Causa desconhecida: segundo a OMS, essa é a escoliose mais comum (representa 80% dos casos) e a chamamos de idiopática (a mesma que eu tenho). Ela pode surgir na infância (antes dos 3 anos de idade), na juventude (entre 4 e 10 anos) ou na adolescência (depois dos 10), quando começamos com o pico do crescimento. Essa escoliose costuma ter uma progressão bem rápida e acomete sete vezes mais as meninas que os meninos.


  • Congênita: essa é a escoliose que já nasce com a pessoa. São deformidades tridimensionais da coluna devido a alterações da formação vertebral, segmentação vertebral ou suas combinações, que surgem devido ao desenvolvimento vertebral anormal durante a quarta a sexta semanas de gestação.


  • Neuromuscular: este tipo de escoliose é bem complicada, porque ocorre como resultado de distúrbios neurológicos ou musculares, que afetam o controle dos músculos que sustentam a coluna. No post "A escoliose neuromuscular" tem mais informações sobre a condição.


- Minha má postura ou mochila pesada causou uma escoliose?

Não. Na verdade, a má postura é que pode ser decorrente de uma escoliose que você tem e não sabe ainda. Ou seja, sua coluna torta não é causada por má postura.


- Como é feito o diagnóstico da escoliose?

Eu sempre bato na tecla da importância da detecção precoce. Considerando que a escoliose idiopática (sem causa) é a mais comum e surge na infância / adolescência, é preciso ficar de olho vivo na coluna das crianças. Tem um teste super simples e caseiro, que deve ser feito sempre que possível pelos pais e responsáveis (e de preferência nas escolas), para identificar alguma anormalidade. No post sobre o Teste de Adams dou as principais dicas e orientações. Uma vez que é identificada alguma curva é preciso recorrer a um bom médico especialista em escoliose para iniciar os exames de imagem e clínicos.


- Como tratar a escoliose?

Existem duas principais formas de tratar a escoliose:



  • Tratamento cirúrgico: como o nome já diz, ele requer uma intervenção cirúrgica, tudo que tentamos evitar, na verdade, afinal, trata-se de uma cirurgia complexa e dolorida. No post "A temida cirurgia de escoliose" tem mais indicações sobre esse tipo de tratamento.


- Posso engravidar com escoliose?

Esta dúvida recebo de muitas mulheres. Sim, você super pode!!! Com acompanhamento médico e exercícios especiais, no fim dá tudo certo! No post "Grávida com escoliose. E agora?" abordo esse tema e tem até fotinho minha esperando bebê.


- Quais são os melhores exercícios físicos para quem tem escoliose?

Isso é muito relativo e temos que avaliar caso a caso. Eu mesma fiz anos de hidroterapia e natação na época do colete e pré-operatório. Hoje faço Pilates e musculação. O mais importante é se manter ativo e conversar com o seu médico, que vai fazer todas as orientações necessárias para o seu caso. De qualquer forma, parados, não podemos ficar jamais!!!


Pessoal, espero que eu tenha conseguido explicar o que é a escoliose de forma fácil para vocês. No site do Dr. Alexandre Fogaça tem várias informações importantes também, vale a visitinha lá. Qualquer outra dúvida, deixem aqui nos comentários, para que eu possa falar sobre isso também, tá bom? E como eu sempre falo, nossa coluna torta não nos define, somos muito mais que isso!


Até a próxima!!!!


o que é a escoliose
Eu na época do colete com minha amiga-irmã!


142 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Seção Saúde
Seção Superação
Seção lazer
Seção artigos
Seção crônicas

Arquivo

Destaques

Tags

bottom of page