top of page

Livros

Livro - A Menina da Coluna Torta, por Julia Barroso
Livro - A Mulher da Coluna Torta, por Julia Barroso
  • Foto do escritorJulia Barroso

Escoliose com cifose: uma coluna torta desafiadora

Atualizado: 14 de abr.

Hoje quero contar para vocês a história de uma seguidora aqui do blog e do Instagram, que convive com a coluna torta desde pequena. Cada vez mais falamos sobre escoliose, porém nem tanto sobre a cifose, outra deformidade da coluna. Essa história nos mostra o quanto é importante olharmos com atenção para a nossa coluna inteira.


Tudo começou quando ela tinha 9 anos e, por meio de um exame biométrico, feito pelo seu professor de Educação Física, ela descobriu a escoliose e a cifose. Sim, as duas ao mesmo tempo! A partir daí, sua mãe procurou todos os recursos no interior de Santa Catarina e, de fato, confirmaram o diagnóstico. Nos anos 80, os recursos eram bem diferentes do que hoje em dia, e então, ela passou por 60 dias de colete de gesso e depois muitas sessões de fisioterapia.


"Aos 12 anos passei por mais de 10 médicos nos estados de Santa Catarina, Paraná e São Paulo. Todos indicaram tratamento cirúrgico."


Aos 13 ela fez sua primeira cirurgia, uma artrodese em 7 vertebras (de T8 a L2) e em seguida passou por muitas limitações, pois precisou usar um colete de gesso por 6 meses e depois mais 6 meses de colete de amianto. Eu só fico imaginando o sofrimento disso tudo.


"A escoliose foi estagnada, mas a cifose se manteve e passei a vida sem perceber as limitações que esta condição poderia me trazer. Fiz muitas aulas de dança, ballet, natação. Namorei, casei e tive uma filha." - me contou ela.


Depois do nascimento de sua filha, as dores na cervical e na lombar começaram. Passaram-se 5 anos anos e, aos 39, ela fez outra cirurgia, desta vez por conta de uma hérnia de disco, que comprimia sua medula. Depois de tantos anos de acompanhamento médico, só recentemente ela teve o diagnóstico de sua coluna inteira: Cifose de Scheuermann - caracterizada por vértebras em forma de cunha, que fazem com que a coluna torácica se curve muito para frente. A doença se desenvolve ao longo do tempo durante os períodos de crescimento ósseo, como a puberdade - hérnia de disco na coluna torácica e lombar, além de uma lesão medular na cervical.


Indicação médica de mais uma cirurgia, desta vez de reconstrução da coluna. Infelizmente, atualmente ela não tem como arcar com a cirurgia, pois o plano de saúde é limitado e pelo SUS, ela está na fila há 3 anos para uma consulta com especialista. Pois é... 3 anos!!!!! Inacreditável.


"Percebo que houve um grande avanço no tratamento das deformidades da coluna, principalmente a escoliose, mas ainda há muito o que avançar no tratamento de Cifose de Scheuermann. Hoje, aos 51 anos, mentalmente muito ativa, sigo trabalhando, como sempre fiz. A cada dia convivo com as dores da minha coluna torta, na esperança de alcançar o melhor tratamento para poder viver com mais qualidade." - finaliza.


Quer descobrir mais histórias de vida inspiradoras? Confira todos os depoimentos que publicamos aqui no nosso blog.


coluna torta
Raio-x da paciente desta história

88 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo

2 Comments


Guest
Aug 16, 2023

Essas trocas de experiências são importantíssimas e esclarecedoras. Parabéns a todos envolvidos.

Like
Julia Barroso
Julia Barroso
Aug 16, 2023
Replying to

Sim, super importante!

Like
Seção Saúde
Seção Superação
Seção lazer
Seção artigos
Seção crônicas

Arquivo

Destaques

Tags

bottom of page